ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Francisco Dornelles assume governo do Rio após prisão de Pezão

29 de novembro de 2018

Francisco Dornelles assume governo do Rio após prisão de Pezão

RIO – Os agentes que cumpriram o mandado de prisão do governador Luiz Fernando Pezão, hoje (29) cedo, no Palácio Laranjeiras, contaram que ele ficou calmo após a chegada da Polícia Federal. A voz de prisão foi dada por volta das 6h, quando Pezão tomava café da manhã.

Os policiais esperavam o governador tomar banho e a pri

Com a prisão de Pezão, o vice-governador do Rio, Francisco Dornelles, assume o governo do Rio. Arquivo Agência Brasil

RIO – Os agentes que cumpriram o mandado de prisão do governador Luiz Fernando Pezão, hoje (29) cedo, no Palácio Laranjeiras, contaram que ele ficou calmo após a chegada da Polícia Federal. A voz de prisão foi dada por volta das 6h, quando Pezão tomava café da manhã.

Os policiais esperavam o governador tomar banho e a primeira-dama, Maria Lúcia, arrumar a mala para levá-lo à sede da Superintendência da Polícia Federal, na Zona Portuária do Rio. Pezão foi levado no banco traseiro do terceiro carro de um comboio e não estava algemado.

Essa operação de hoje (29) é mais uma etapa da Lava Jato e foi baseada na delação premiada de Carlos Miranda, considerado o operador financeiro de Sérgio Cabral, de quem Pezão foi vice. Durante os depoimentos da delação premiada, Carlos Miranda contou que houve pagamento de mesada de R$ 150 mil para Pezão na época em que ele era vice-governador de Sérgio Cabral. Ainda segundo Miranda, também houve pagamento de 13º de propina e ainda dois pagamentos de R$ 1 milhão como prêmio.

De acordo com o Ministério Público, há provas documentais do pagamento de propina a Pezão de quase R$ 40 milhões entre 2007 e 2015.

O vice-governador do Rio, Francisco Dornelles, de 83 anos, assumirá o poder diante da prisão do governador Luiz Fernando Pezão. Dornelles estava fazendo exercícios quando foi surpreendido com a notícia da prisão do governador. Dornelles terá pela frente a missão de conduzir o governo estadual pelos próximos 32 dias que restam até o fim do ano.

Essa é a terceira vez que Dornelles assume o cargo de governador do Rio. Em março de 2016, Pezão foi licenciado para tratamento de saúde e Dornelles assumiu o governo por sete meses. A outra vez foi em julho de 2017, o governador entrou de licença médica por uma semana para cuidar de problemas no quadro metabólico.