ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Flamengo demite e corta salários por conta da pandemia  da Covid-19

1 de maio de 2020

Flamengo demite e corta salários por conta da pandemia  da Covid-19

RIO – O Flamengo também estabeleceu um critério para corte de salários das pessoas que continuam trabalhando para o rubro negro.

Divulgação Flamengo

RIO –  Mais de 60 funcionários do Flamengo foram demitidos neste 1º de maio. Depois de 46 dias de paralisação do futebol por conta da pandemia do novo coronavírus, o clube rubro negro do Rio reduziu custos, cortando cerca de 10% do quadro de funcionários.

O Flamengo também estabeleceu um critério para corte de salários das pessoas que continuam trabalhando para o clube. Para os funcionários que ganham mais de R$ 4 mil, o Flamengo  descontará 25% do valor recebido acima destes R$ 4 mil.

O caminho da redução de salários é o mesmo adotado por 80% dos clubes da Séria A do Campeonato Brasileiro. Entretanto, a maior parte busca poupar os funcionários com salários menores. O Palmeiras, por exemplo, optou em reduzir este mesmo percentual dos rendimentos de atletas e comissão técnica.

As informações são da Agência Brasil.