ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Ex-secretário nacional de Justiça, Astério Pereira dos Santos é preso no Rio

5 de março de 2020

Ex-secretário nacional de Justiça, Astério Pereira dos Santos é preso no Rio

Astério é procurador aposentado do Ministério Público e fez parte do governo Temer em 2017. Divulgação Agência Brasil

RIO – A Lava Jato do Rio prendeu, no início desta quinta-feira (5), o ex-secretário nacional de Justiça, Astério Pereira dos Santos, em casa, no Leblon, na Zona Sul da capital fluminense.

Astério, que é procurador aposentado do Ministério Público, fez parte do governo Temer em 2017 e também comandou a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (SEAP) entre 2003 e 2006, no governo de Rosinha Matheus.

O ex-secretário nacional de Justiça recebeu voz de prisão por envolvimento no esquema de corrupção comandado pelo ex-governador Sérgio Cabral.

A força tarefa da Lava Jato deflagrou essa operação de hoje (5) após receber uma denúncia de pagamento de propina para conselheiros do Tribunal de Contas do estado do Rio (TCE-RJ). Astério Pereira dos Santos estaria envolvido nesse esquema e também seria suspeito de lavagem de dinheiro e de ter ajudado na fuga do empresário Arthur Cesar de Menezes Soares Filho, conhecido como rei Arthur.

Policiais Federais foram para as ruas do Rio para cumprir diversos mandados, e outras sete pessoas, além, de Astério Pereira dos Santos, foram presas nas primeiras horas da operação. São elas:

– Carlson Ruy Ferreira, empresário;

– Danilo Botelho dos Santos, filho de Astério, advogado;

– Vinícius da Silva Ferreira, empresário;

– Viviane Ferreira Coutinho Alves, advogada;

– Pedro Navarro César, advogado;

– Thiago Bustamante Fontoura, advogado;

– Marcelo da Silva Ferreira, empresário