ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Brasileiro ex-presidente da Nissan deixa prisão no Japão

6 de março de 2019

Brasileiro ex-presidente da Nissan deixa prisão no Japão

TÓQUIO (agências internacionais) – O executivo franco-brasileiro Carlos Ghosn, ex-presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, deixou a prisão em Tóquio nesta quarta-feira (6). A justiça japonesa rejeitou o recurso impetrado pelos promotores que tentaram reverter a concessão da fiança e as exigências impostas.

O brasile

Ex-presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, Carlos Ghosn. Agência Brasil

TÓQUIO (agências internacionais) – O executivo franco-brasileiro Carlos Ghosn, ex-presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, deixou a prisão em Tóquio nesta quarta-feira (6). A justiça japonesa rejeitou o recurso impetrado pelos promotores que tentaram reverter a concessão da fiança e as exigências impostas.

O brasileiro pagou a fiança de 1 bilhão de ienes, valor equivalente a R$ 33,8 milhões. Ghosn ficará em liberdade enquanto durar o julgamento que segue no Japão e está proibido de deixar o país.

Carlos Ghosn foi preso em novembro do ano passado acusado de fraude fiscal e uso de verbas do grupo para benefício próprio.