ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Pezão e Dornelles ficam inelegíveis até 2022

10 de abril de 2019

Pezão e Dornelles ficam inelegíveis até 2022

RIO – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, por 4 votos a 3, que o ex-governador do Rio Luiz Fernando Pezão está inelegível até 2022.  A decisão também vale para o vice de Pezão, Francisco Dornelles. O TSE considerou que Pezão cometeu abuso de poder econômico nas eleições de 2014.

Como a lei

Ex-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão. Agência Brasil/ Marcello Camargo

RIO – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, por 4 votos a 3, que o ex-governador do Rio Luiz Fernando Pezão está inelegível até 2022.  A decisão também vale para o vice de Pezão, Francisco Dornelles. O TSE considerou que Pezão cometeu abuso de poder econômico nas eleições de 2014.

Como a lei determina que a inelegibilidade vale até as eleições que ocorrerem oito anos após o pleito onde houve a irregularidade, Pezão ficará inelegível até 2022.

No julgamento, a maioria dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também decidiu pela cassação de Pezão, mas, como o mandato dele terminou em 31 de dezembro, a decisão não teve efeito prático.

A defesa do ex-governador ainda pode recorrer.

Luiz Fernando Pezão é réu na operação Lava-Jato e está preso desde novembro do ano passado. Ele é acusado de integrar esquema de corrupção liderado pelo também ex-governador Sérgio Cabral.