ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Ex-assessor de Flávio Bolsonaro não comparece ao MP-RJ para explicar movimentações bancárias

19 de dezembro de 2018

Ex-assessor de Flávio Bolsonaro não comparece ao MP-RJ para explicar movimentações bancárias

RIO – O ex-motorista do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, não compareceu ao depoimento no Ministério Público Estadual do Rio, onde era aguardado na tarde de hoje (19). Em nota, o Ministério Público informou que o depoimento foi adiado para a próxima segunda-feira.

De acordo com o texto, advog

Fabrício Queiroz ao lado de Flávio Bolsonaro. Foto: Reprodução/Facebook

RIO – O ex-motorista do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, não compareceu ao depoimento no Ministério Público Estadual do Rio, onde era aguardado na tarde de hoje (19). Em nota, o Ministério Público informou que o depoimento foi adiado para a próxima segunda-feira.

De acordo com o texto, advogados de Fabrício comunicaram que não tiveram tempo hábil para analisar os autos da investigação. Além disso, relataram que o cliente teve uma ‘inesperada crise de saúde’ e estaria em atendimento para fazer exames médicos de urgência, acompanhado da família.

O nome de Fabrício Queiroz aparece no relatório do Coaf que integrou a investigação da ‘Operação Furna da Onça’, um desdobramento da ‘Lava-Jato’ no Rio. O documento dá conta de que ele movimentou R$ 1,2 milhão em uma conta bancária durante um ano. Na época, Fabrício Queiroz recebia salário de R$ 23 mil por mês. As transações foram consideradas atípicas.