ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Entrega de máscaras de proteção vindas da China vai atrasar

10 de abril de 2020

Entrega de máscaras de proteção vindas da China vai atrasar

BRASÍLIA – A preocupação é que as 50 milhões de máscaras fiquem retidas para serem usadas no país em que o avião fará escala.

A previsão é trazer 40 milhões de máscaras por semana da China. Foto: Luciano Falbo/Agência Brasil

BRASÍLIA – A entrega de 50 milhões de máscaras de proteção vindas da China prevista para hoje (10) vai atrasar. Foi o que admitiu o secretário-executivo do Ministério da Saúde.

João Gabbardo dos Reis disse que ainda está sendo analisado em qual país o avião vai fazer escala. A preocupação é que as máscaras fiquem retidas para serem usadas por lá.

Gabbardo explicou que está mantida a previsão de trazer 40 milhões de máscaras por semana da China, totalizando 240 milhões. Segundo o secretário-executivo do Ministério da Saúde, a tendência é que na próxima semana sejam feitos dois carregamentos para o Brasil.