ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Rio: eleição para prefeito de Teresópolis é definida por diferença de 22 votos

4 de junho de 2018

Rio: eleição para prefeito de Teresópolis é definida por diferença de 22 votos

RIO – Foi numa disputa acirrada que Vinicius Claussen, do PPS, foi eleito prefeito de Teresópolis, na Região Serrana do Rio. O administrador de 39 anos recebeu 23 mil e 500 votos, apenas 22 a mais que o principal opositor, doutor Luiz Ribeiro, do MDB.

Vinicius é natural de Teresópolis e nunca exerceu cargo público, mas integrou o Conselho Municipal

Vinicius Claussen, do PPS, foi eleito prefeito de Teresópolis. Divulgação

RIO – Foi numa disputa acirrada que Vinicius Claussen, do PPS, foi eleito prefeito de Teresópolis, na Região Serrana do Rio. O administrador de 39 anos recebeu 23 mil e 500 votos, apenas 22 a mais que o principal opositor, doutor Luiz Ribeiro, do MDB.

Vinicius é natural de Teresópolis e nunca exerceu cargo público, mas integrou o Conselho Municipal de Turismo em 2016.

A diplomação do novo prefeito será realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TER) até o dia 1º de julho, e Claussen ficará no cargo até 2020.

A eleição suplementar foi convocada pelo TRE depois que o ex-prefeito, Mário Tricano, do PP, desistiu de uma liminar que o mantinha no poder.

Tricano e o vice dele, Darcy Sandro Dias, tiveram os registros de candidatura das eleições 2016 indeferidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) depois que o STF manteve a aplicação da Lei da Ficha Limpa e ampliou a condenação de três para oito anos de inelegibilidade a políticos condenados eleitos antes de 2010, quando a lei entrou em vigor.