ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Dia Internacional da Mulher será marcado por manifestações em todo o Brasil e em vários outros países

8 de março de 2019

Dia Internacional da Mulher será marcado por manifestações em todo o Brasil e em vários outros países

RIO – Muitos atos e eventos estão programados para hoje (8) em vários países, tanto nas ruas quanto nas redes sociais, por causa do Dia Internacional da Mulher.

A Europa tem protestos em todas as principais cidades, mas um dos epicentros é a Espanha, onde as mulheres organizaram a 2º greve geral feminista para pedir igualdade salarial. Ano passado, mi

Arquivo Agência Brasil/ Marcello Casal Jr.

RIO – Muitos atos e eventos estão programados para hoje (8) em vários países, tanto nas ruas quanto nas redes sociais, por causa do Dia Internacional da Mulher.

A Europa tem protestos em todas as principais cidades, mas um dos epicentros é a Espanha, onde as mulheres organizaram a 2º greve geral feminista para pedir igualdade salarial. Ano passado, milhões de mulheres aderiram e fizeram da greve a maior manifestação no mundo pelo dia 8 de março.

Em Israel, o movimento progressista "mulheres do muro" convocou um protesto no muro das lamentações, local sagrado para os judeus, na cidade velha de Jerusalém.

Em Hong Kong, trabalhadoras domésticas e ativistas participaram de um protesto por melhores condições de trabalho.

No Quênia, as mulheres percorreram as ruas de Nairobi para pedir a criação de um plano nacional de ação contra o feminicídio e a violência contra a mulher no país, onde raramente manifestações desse tipo são organizadas.

No Brasil, este 8 de março será marcado por uma série de marchas e protestos em todo o país. Foram marcadas manifestações no Distrito Federal e em 23 estados, entre eles Rio e São Paulo. 

As manifestações devem ser guiadas por diversas homenagens à vereadora assassinada em março no ano passado, Marielle Franco e pela defesa dos direitos das mulheres frente às propostas já apresentadas pelo governo Bolsonaro.