08 de março de 2019

Dia da Mulher: Apple destaca as conquistas do feminismo

Dia da Mulher: Apple destaca as conquistas do feminismo

Na última semana, a Apple já tinha adiantado que realizaria algumas ações para celebrar o Dia Internacional da Mulher. A empresa divulgou em seu canal no Youtube um vídeo celebrando as conquistas do feminismo no mundo e destacando alguns pontos nos quais ainda é preciso lutar.

Tendo a cantora e compositora Annie Lennox na narração e com participação de diversas celebridades, como Dua Lupa, Mary J. Blige, Ed Sheeran, entre outras, o vídeo "Feminismo Global" celebra os avanços dos direitos das mulheres ao longo do tempo.

Dido está de volta com seu quinto álbum, ouça "Still On My Mind"
Roger Waters é criticado após apoiar presidente da Venezuela
Morrissey anuncia lançamento de álbum e single; ouça faixa

 

Entretanto, o vídeo aborda que, mesmo que as mulheres tenham hoje diversos direitos civis devidamente respeitados, muitos números ainda não estão ao lado delas. As celebridades seguram cartazes expondo essas estatísticas:

- Uma em cada três mulheres ou meninas já sofreram violência física ou sexual em suas vidas.

- Mais de 2,7 bilhões de mulheres são legalmente proibidas de terem a mesma escolha de empregos que os homens.

- Mulheres constituem somente 22,8% dos assentos nos parlamentos e congressos do mundo.

- 99% de todas as mortes maternas ocorrem em países em desenvolvimento.

- 2/3 dos 757 milhões de adultos que não sabem ler ou escrever no mundo são mulheres.

- 603 milhões de mulheres vivem em países onde a violência doméstica não é considerada crime.

Resumindo, por mais que os avanços tenham sido cada vez mais fortes, ainda há muito pelo que lutar.

A Apple também postou no Apple Music a playlist #GlobalFeminism com 19 faixas de mulheres referências como Whitney Houston, Aretha Franklin, Nina Simone e da própria Annie Lennox.

Ouça abaixo:

 

Tags: