ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Desembargador humilha guarda ao ser multado por não usar máscara

19 de julho de 2020

Desembargador humilha guarda ao ser multado por não usar máscara

SANTOS – Vídeo mostra desembargador de SP chamando o guarda municipal que aplicou a multa de “analfabeto”.

Reprodução redes sociais

SANTOS – Um desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo foi flagrado humilhando um guarda municipal de Santos, no litoral paulista, após ser multado por não usar máscara de proteção contra o novo coronavírus enquanto caminhava na praia ontem (18) à tarde.

De acordo com um vídeo divulgado pelo portal de notícias G1, Eduardo Almeida Prado Rocha de Siqueira chama o guarda municipal que aplicou a multa de “analfabeto”. O vídeo ainda mostra o desembargador ligando para o secretário de Segurança Pública do município, Sérgio Del Bel,  rasgando a multa, de R$ 100, e jogando o papel no chão antes de ir embora.

Em nota, a prefeitura de Santos defendeu a postura do guarda e disse que o secretário de Segurança deu total apoio à equipe que fez a abordagem. Segundo a prefeitura, a multa foi lavrada e condenou atos de abuso de poder. 

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou  a abertura de providências para apurar a conduta do desembargador no caso. Para o corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, o vídeo mostra indícios de possível violação aos preceitos da Lei Orgânica da Magistratura Nacional e ao Código de Ética da Magistratura, que impõem a necessidade de averiguação pelo CNJ. O desembargador terá 15 dias para responder ao corregedor nacional sobre os fatos expostos.