Defesa de João de Deus recua de habeas corpus no STF

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Goiânia – A defesa do médium João de Deus protocolou nessa sexta-feira (11) à noite no Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de desistência do habeas corpus. O caso é analisado pelo presidente da Corte, ministro Dias Toffoli.

 

De acordo com o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, a medida é uma estratégia processual, já que há outro pedido protocolado na Justiça de Goiás.

 

O médium está preso desde 16 de dezembro, no Núcleo de Custódia de Aparecida de Goiânia (GO), sob a acusação de violação sexual mediante fraude e de estupro de vulnerável, crime que teria sido praticado contra centenas de mulheres. A defesa nega as acusações.