ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Correios suspendem postagens de Sedex por causa da greve dos caminhoneiros

23 de maio de 2018

Correios suspendem postagens de Sedex por causa da greve dos caminhoneiros

RIO – Os Correios suspenderam temporariamente as postagens das encomendas com dia e hora marcados (Sedex 10, 12 e Hoje), por causa da greve dos caminhoneiros. Os motoristas estão fazendo protestos em vários estados brasileiros contra o aumento no preço do diesel desde segunda-feira (21).

Em nota, os Correios informaram que a paralisação també

Arquivo Agência Brasil/Fernando Frazão

RIO – Os Correios suspenderam temporariamente as postagens das encomendas com dia e hora marcados (Sedex 10, 12 e Hoje), por causa da greve dos caminhoneiros. Os motoristas estão fazendo protestos em vários estados brasileiros contra o aumento no preço do diesel desde segunda-feira (21).

Em nota, os Correios informaram que a paralisação também tem gerado atrasos nas operações da empresa em todo o país.

Hoje (23) pela manhã, a Petrobras anunciou novo reajuste no preço dos combustíveis nas refinarias. O preço do litro da gasolina baixou 0,62%, passando de R$ 2,0433 para R$ 2,0306. Já o do diesel caiu 1,14%, de R$ 2,3351 para 2,3083. Ontem, a estatal já tinha reduzido os preços, depois de sucessivas altas que geraram protestos de caminhoneiros e discussões entre a petroleira e o governo, mas o presidente da Petrobras, Pedro Parente, disse que os cortes foram motivados pela queda da cotação do dólar.

Também ontem (22), a Petrobras anunciou que não mudará a política de reajuste dos preços dos combustíveis, mas, em contrapartida, o governo anunciou que eliminará a Cide, o tributo que incide sobre o diesel, quando o Congresso Nacional aprovar o projeto da reoneração da folha de pagamentos.

Se o projeto de reoneração for aprovado, o Legislativo fará, na prática, com que haja aumento nas receitas da União, que, em troca, cortará o tributo incidente sobre o diesel.