ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Conselho de Ética da Alerj discute cassação de deputados presos na Lava Jato

23 de novembro de 2018

Conselho de Ética da Alerj discute cassação de deputados presos na Lava Jato

RIO – O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) vai se reunir hoje (23) para discutir o pedido de cassação de 10 deputados estaduais presos pela Operação Lava Jato. Entre eles estão Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, os três do MDB, e também André Correa, do DEM, e Chiquinho da Mangueira, do PSC.

Divulgação Alerj

RIO – O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) vai se reunir hoje (23) para discutir o pedido de cassação de 10 deputados estaduais presos pela Operação Lava Jato. Entre eles estão Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, os três do MDB, e também André Correa, do DEM, e Chiquinho da Mangueira, do PSC.

Os primeiros parlamentares foram presos no fim do ano passado. O Conselho de Ética da Alerj é composto por cinco membros titulares e três suplentes, além do presidente. Desses 9, 7 votaram pela soltura de Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi em novembro do ano passado numa sessão que acabou derrubada pela Justiça.

Os 10 deputados que terão o pedido de cassação discutido hoje (23) na Alerj são:

– Jorge Picciani (MDB);

– Paulo Melo (MDB);

– Edson Albertassi (MDB);

– André Correa (DEM);

– Chiquinho da Mangueira (PSC);

– Coronel Jairo (Solidariedade);

– Luiz Martins (PDT);

– Marcelo Simão (PP);

– Marcos Abrahão (Avante);

– Marcus Vinícius (PTB)