ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Congresso analisa vetos do presidente e também a LDO, e, com isso, votação da reforma da Previdência é adiada

24 de setembro de 2019

Congresso analisa vetos do presidente e também a LDO, e, com isso, votação da reforma da Previdência é adiada

BRASÍLIA – O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, convocou para hoje (24), às 15h, sessão do Congresso para votar o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020 e analisar vetos presidenciais. 

A última sessão do Congresso, em agosto, não começou a analisar a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2020. Divulgação Agência Senado / Marcos Brandão

BRASÍLIA – O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, convocou para hoje (24), às 15h, sessão do Congresso para votar o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020 e analisar vetos presidenciais. 

A LDO foi aprovada na Comissão Mista de Orçamento (CMO) no começo de agosto e aguarda, desde então, a apreciação dos parlamentares em Plenário. O texto prevê que o salário mínimo seja reajustado para R$ 1.000,40 em 2020, sem ganho acima da inflação. 

Com a decisão de Alcolumbre, a agenda de votação da reforma da Previdência será alterada. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Previdência só será votada amanhã (25), no Plenário do Senado.