ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Cidade do Rio exigirá comprovante de vacina para cirurgias e locais públicos

30 de agosto de 2021

Cidade do Rio exigirá comprovante de vacina para cirurgias e locais públicos

RIO – Exigência vai entrar em vigor na quarta-feira desta semana, dia 1º de setembro.

Divulgação Prefeitura do Rio / Marcelo Piu

RIO – Mais de 460 mil moradores da cidade do rio poderão ser barrados em estabelecimentos ou impedidos de passar por cirurgias eletivas na capital fluminense a partir de quarta-feira, dia primeiro de setembro. Nesse dia vai começar a ser obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19 para essas finalidades.

Conforme o chamado “Vacinômetro municipal”, o Rio tem 283 mil pessoas sem a primeira dose e 180 mil que perderam a data marcada para a segunda aplicação.

O comprovante de vacinação será exigido em cinemas, academias, estádios, museus, atrações turísticas e outros lugares de uso coletivo. A mesma exigência será feita a quem precisa passar por cirurgias eletivas ou quer receber auxílio financeiro por meio do cartão ‘família carioca’.

E a Prefeitura do Rio retomou hoje (30) o calendário de vacinação de adolescentes contra a Covid-19 com a aplicação da primeira dose em meninas de 16 anos. Amanhã (31) será a vez dos meninos também de 16 anos. Na quarta-feira (1º), haverá repescagem, com a vacinação para os cariocas de 16 anos ou mais. Na quinta, dia 2, serão vacinadas as meninas de 15 anos, e na sexta, os meninos da mesma idade.

Segundo a prefeitura, também podem se vacinar, de preferência no período da tarde, gestantes, puérperas, lactantes e pessoas com deficiências a partir de 12 anos, além do público de 21 anos ou mais. Os postos também continuam aplicando a segunda dose, conforme a data estipulada no comprovante da primeira aplicação.