ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Chile decreta estado de emergência devido a protestos violentos em Santiago

19 de outubro de 2019

Chile decreta estado de emergência devido a protestos violentos em Santiago

SANTIAGO – O presidente do Chile, Sebastián Piñera, decretou estado de emergência em Santiago e cedeu o controle da capital aos militares. A medida é para tentar controlar o caos que tomou conta da cidade em decorrência dos violentos protestos contra o aumento do preço das passagens do metrô. A decisão de Piñera permite ao governo restringir a liberdade de locomoção e reuniões, entre outras medidas.

SANTIAGO – O presidente do Chile, Sebastián Piñera, decretou estado de emergência em Santiago e cedeu o controle da capital aos militares. A medida é para tentar controlar o caos que tomou conta da cidade em decorrência dos violentos protestos contra o aumento do preço das passagens do metrô. A decisão de Piñera permite ao governo restringir a liberdade de locomoção e reuniões, entre outras medidas.

Além de Santiago, o estado de emergência vale para a província de Chacabuco e as comunas de Puente Alto e San Bernardo, na Região Metropolitana da capital.

Os protestos atingiram um grau de violência que não era visto há décadas em Santiago. Manifestantes incendiaram estações de metrô, ônibus, monumentos públicos, bancos e supermercados.