ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > CBF é multada por gritos homofóbicos da torcida na estreia do Brasil na Copa América

28 de junho de 2019

CBF é multada por gritos homofóbicos da torcida na estreia do Brasil na Copa América

RIO (agências internacionais) – A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) multou a CBF em US$15 mil (cerca de R$57 mil), por causa dos gritos homofóbicos de torcedores na estreia da seleção brasileira na Copa América, em São Paulo.

Richarlison disputa bola na partida de estreia do Brasil na Copa América, contra a Bolívia. Divulgação CBF / Lucas Figueiredo

RIO (agências internacionais) – A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) multou a CBF em US$15 mil (cerca de R$57 mil), por causa dos gritos homofóbicos de torcedores na estreia da seleção brasileira na Copa América, em São Paulo.

As ofensas foram no último dia 14, quando o Brasil derrotou a Bolívia por 3×0, no Estádio Morumbi . Na ocasião, torcedores fizeram o ato homofóbico para o goleiro boliviano Lampe quando ele ia cobrar tiros de meta. A CBF não poderá entrar com recurso.

A entidade sul-americana acabou enquadrando a CBF nos artigos 8 e 14 do seu regulamento disciplinar, que citam “insulto ou atentado contra a dignidade humana de outra pessoa ou grupo de pessoas, por qualquer meio, por motivos de cor de pele, raça, etnia, idioma, credo ou origem”.

Assim como a CBF, a Associação Uruguaia de Futebol recebeu uma punição da Conmebol, mas por motivo diferente do Brasil. No caso, foi por causa do atraso no início de jogo contra o Japão, na Arena do Grêmio, pela 2ª rodada da Copa América. Por reincidência neste mesmo tipo de infração, o Uruguai foi multado em US$ 10 mil (cerca de R$ 38 mil).