ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Caminhoneiros ameaçam fazer nova greve, mas movimento está dividido

16 de dezembro de 2019

Caminhoneiros ameaçam fazer nova greve, mas movimento está dividido

SÃO PAULO – Os caminhoneiros ameaçam a entrar em greve em várias regiões do país.

Arquivo Agência Brasil

SÃO PAULO – Os caminhoneiros ameaçam a entrar em greve em várias regiões do país. Essa nova mobilização começou a circular em grupos de WhatsApp nas últimas semanas e tem o apoio da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logísticas, instituição ligada à central única dos trabalhadores.

No entanto o movimento dos caminhoneiros está se mostrando completamente dividido em relação a uma nova greve. Para interromper essa ideia de greve, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) se comprometeu em publicar amanhã (17) o novo código identificador da operação de transportes, ferramenta que vai ajudar a fiscalizar e punir empresas que tem contratado caminhoneiros com preços abaixo do mínimo estabelecido na tabela do frete.

Em maio do ano passado, os caminhoneiros fizeram uma greve de 10 dias que gerou desabastecimento de diversos produtos por todo o Brasil.