ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Cade investiga a participação de empresários na greve dos caminhoneiros

27 de maio de 2018

Cade investiga a participação de empresários na greve dos caminhoneiros

SÃO PAULO – A Polícia Federal abriu 37 inquéritos para investigar a suspeita de locaute na greve dos caminhoneiros que hoje (27) entrou no sétimo dia. A informação é do ministro da Segurança. Segundo Raul Jungmann, as investigações ocorrem em todos os estados brasileiros. No locaute, os patrões agem em razão dos próprios interesse

Foto Marcello Casal Jr / Agência Brasil

SÃO PAULO – A Polícia Federal abriu 37 inquéritos para investigar a suspeita de locaute na greve dos caminhoneiros que hoje (27) entrou no sétimo dia. A informação é do ministro da Segurança. Segundo Raul Jungmann, as investigações ocorrem em todos os estados brasileiros. No locaute, os patrões agem em razão dos próprios interesses e não das reivindicações dos trabalhadores.

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) também investiga a participação de empresários na paralisação dos caminhoneiros. Um dos alvos é a Federação de Empresas de Transporte de Carga do Estado de São Paulo, que divulgou um vídeo em que fala dos supostos efeitos de uma greve de caminhoneiros por cinco dias. Em nota, a Federação negou incentivo ao movimento.