ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Brumadinho pode ter surto de doenças após rompimento de barragem da Vale

5 de fevereiro de 2019

Brumadinho pode ter surto de doenças após rompimento de barragem da Vale

RIO – A população atingida pelo rompimento da mineradora Vale em Brumadinho, Minas Gerais, corre o risco de um surto de doenças como febre amarela, dengue, esquistossomose e leptospirose, além de problemas de hipertensão e transtornos mentais, como depressão e ansiedade. O alerta consta de um estudo divugado pela Fundação Oswaldo Cruz.

Divulgação Bombeiros de Brumadinho

RIO – A população atingida pelo rompimento da mineradora Vale em Brumadinho, Minas Gerais, corre o risco de um surto de doenças como febre amarela, dengue, esquistossomose e leptospirose, além de problemas de hipertensão e transtornos mentais, como depressão e ansiedade. O alerta consta de um estudo divugado pela Fundação Oswaldo Cruz.

Um dos responsáveis pelo trabalho, o pesquisador Carlos Machado de Freitas destacou o risco de doenças transmitidas por mosquitos vetores, como a dengue e a febre amarela. Já os problemas respiratórios podem ser causados a partir do momento em que a lama secar e se transformar em poeira.

Segundo Freitas, esses efeitos podem começar a ser sentidos já nas próximas semanas. Mas alguns serão percebidos apenas em longo prazo como, por exemplo, contaminação por chumbo, cádmio e mercúrio, que já foram detectados na lama. A população também pode ser afetada por problemas ligados à contaminação do Rio Paraopeba.