ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Briga entre guardas municipais e evangélicos termina com pelo menos 12 feridos em Copacabana

26 de abril de 2018

Briga entre guardas municipais e evangélicos termina com pelo menos 12 feridos em Copacabana

RIO – Uma discussão entre guardas municipais e um grupo de 70 evangélicos terminou em briga e pelo menos 12 pessoas feridas, sendo uma em estado grave, ontem (25) à noite, na Zona Sul do Rio. Os evangélicos contaram que caminhavam pelo calçadão da Avenida Atlântica e foram acusados pelos agentes de pichação, que eles, por sinal, negaram.

NULL

RIO – Uma discussão entre guardas municipais e um grupo de 70 evangélicos terminou em briga e pelo menos 12 pessoas feridas, sendo uma em estado grave, ontem (25) à noite, na Zona Sul do Rio. Os evangélicos contaram que caminhavam pelo calçadão da Avenida Atlântica e foram acusados pelos agentes de pichação, que eles, por sinal, negaram.

Todos foram levados para a delegacia de Copacabana, onde aconteceu uma briga generalizada. Os feridos foram levados para o Hospital Miguel Couto, na Gávea.

Um evangélico, identificado como Jorge Alves de Souza, de 60 anos, sofreu um trauma na cabeça e está internado em estado grave. Um dos outros feridos é um adolescente de 14 anos.

Os evangélicos envolvidos no caso são membros da Igreja Geração Jesus Cristo, localizada no bairro do Santo Cristo, na região Central do Rio.