ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Brasileira é atendida no Rio com sintomas semelhantes aos do coronavírus

27 de fevereiro de 2020

Brasileira é atendida no Rio com sintomas semelhantes aos do coronavírus

RIO – Uma brasileira de 20 anos retornou de uma viagem à Itália com sintomas de resfriado compatíveis com o novo coronavírus (Covid-19).

O Hospital São Vicente de Paulo fica na Tijuca, na Zona Norte do Rio. Foto de divulgação

RIO – Uma brasileira de 20 anos que retornou de uma viagem à Itália foi atendida no Hospital São Vicente de Paulo, na Tijuca, na Zona Norte do Rio, por estar com sintomas de resfriado compatíveis com o novo coronavírus (Covid19). A jovem, que não teve a identidade revelada, foi do Aeroporto do Galeão direto para a unidade de saúde.

O hospital informou que a brasileira chegou com um quadro viral leve, sem gravidade. Em nota, o Hospital São Vicente de Paulo informou que a paciente foi atendida e liberada para a quarentena domiciliar enquanto aguarda os resultados de exames que estão sendo feitos em casa para confirmar se há infecção pelo novo coronavírus.

O caso já foi notificado à Secretaria Estadual de Saúde do Rio.

Confira abaixo a nota divulgada pelo Hospital São Vicente de Paulo:

“ A direção do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) informa que, no fim da tarde do dia 26 de fevereiro, uma paciente de 20 anos foi atendida na unidade com um quadro viral sem gravidade, porém, com sintomas compatíveis com o Covid-19. A paciente se dirigiu ao HSVP direto do aeroporto, após chegar de uma viagem à Itália. Ela foi atendida e liberada para a quarentena domiciliar, enquanto aguarda os resultados dos exames que estão sendo feitos para confirmar se há infecção pelo novo coronavírus.

Importante ressaltar que, desde o início da epidemia, a equipe médica e assistencial do HSVP vem se mantendo atualizada com os acontecimentos e procedimentos de controle ao novo coronavírus em nível mundial.

 Além de seguir normas internacionais de qualidade e segurança, devido a ser uma unidade de saúde acreditada pela Joint Commission International (JCI), o HSVP também vem adotando os protocolos determinados pela Organização Mundial de Saúde e pelo Ministério da Saúde com vistas a garantir a qualidade do atendimento e a segurança de pacientes e profissionais em casos de infecção por coronavírus.

Desde as primeiras informações a respeito da doença, o HSVP elaborou um plano de ação específico para casos suspeitos, realizando treinamento e simulações de atendimento com sua equipe assistencial no intuito de prestar o melhor atendimento para todos os seus pacientes.”