11 de janeiro de 2019

Brasil considera ‘ilegítimo’ o novo mandato de Nicolás Maduro na Venezuela

Brasil considera ‘ilegítimo’ o novo mandato de Nicolás Maduro na Venezuela

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Reprodução redes sociais

BRASÍLIA - O governo brasileiro divulgou nota afirmando que considera ‘ilegítimo’ o novo mandato do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Para o Ministério das Relações Exteriores, quem está no poder no país vizinho é a Assembleia Nacional.

Maduro tomou posse ontem (10) para o 2º mandato de seis anos, até 2025. Logo após a posse, o governo do Paraguai anunciou o rompimento de relações com a Venezuela.

A Organização dos Estados Americanos (OEA) também aprovou declaração em que afirma não reconhecer o novo mandato de maduro.

O líder populista foi reeleito em maio do ano passado com quase 70% dos votos, numa eleição boicotada pela oposição, com alta abstenção e denúncias de fraude.