ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Brasil aceita renunciar a tratamento especial da OMC em troca do apoio de Trump à entrada na OCDE

20 de março de 2019

Brasil aceita renunciar a tratamento especial da OMC em troca do apoio de Trump à entrada na OCDE

BRASÍLIA – Um comunicado conjunto emitido por Brasil e Estados Unidos afirma que o presidente americano Donald Trump apoia o pleito brasileiro de entrada na organização para a cooperação e o desenvolvimento econômico, mas, em contrapartida, o Brasil teria que renunciar ao tratamento diferenciado como emergente na OMC, a Organização Mundial do Comércio. O argumento é

Presidente Bolsonaro ao lado do Trump. Isac Nóbrega/ Presidência da República

BRASÍLIA – Um comunicado conjunto emitido por Brasil e Estados Unidos afirma que o presidente americano Donald Trump apoia o pleito brasileiro de entrada na organização para a cooperação e o desenvolvimento econômico, mas, em contrapartida, o Brasil teria que renunciar ao tratamento diferenciado como emergente na OMC, a Organização Mundial do Comércio. O argumento é o de que o país que entra para OCDE já é uma economia madura.

Segundo o documento, o presidente Jair Bolsonaro concordou em começar a renunciar a esse status de emergente na OMC.

O comunicado também destaca que "os dois líderes concordaram em construir uma parceria para a prosperidade, para aumentar empregos e reduzir barreiras ao comércio e ao investimento".