ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Bolsonaro não vai ao 1º debate do 2º turno por decisão médica; Haddad quer debater ‘até em enfermaria’

10 de outubro de 2018

Bolsonaro não vai ao 1º debate do 2º turno por decisão médica; Haddad quer debater ‘até em enfermaria’

RIO – Por decisão médica, o candidato do PSL à presidência a República, Jair Bolsonaro, não vai participar do primeiro debate do 2º turno, previsto para esta quinta-feira (11), na TV Bandeirantes. O cardiologista Leandro Echenique examinou  Bolsonaro e avaliou que ele está se recuperando da cirurgia feita há 34 dias. Mas como perdeu 15kg de massa muscular, ainda est

Foto: Agência Brasil

RIO – Por decisão médica, o candidato do PSL à presidência a República, Jair Bolsonaro, não vai participar do primeiro debate do 2º turno, previsto para esta quinta-feira (11), na TV Bandeirantes. O cardiologista Leandro Echenique examinou  Bolsonaro e avaliou que ele está se recuperando da cirurgia feita há 34 dias. Mas como perdeu 15kg de massa muscular, ainda está fraco e precisa de uma dieta de recuperação proteica. O médico adiantou que o presidenciável deve ir ao hospital no próximo dia 18, quando deverá ser liberado para a campanha e os debates.

Ao saber da decisão médica, o candidato do PT, Fernando Haddad, afirmou que aceita debater ‘até numa enfermaria’. Haddad também se queixou de fake news contra sua campanha e disse já ter obtido na Justiça o direito de retirar 33 vídeos do ar. Embora pondere que o peso das notícias falsas tende a ser menor no 2º turno, Haddad reforçou que é necessário o debate direto entre os candidatos.