ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Bolsonaro diz que governo estuda correção na tabela do IR

12 de maio de 2019

Bolsonaro diz que governo estuda correção na tabela do IR

Reprodução Twitter

Brasília – O presidente Jair Bolsonaro disse neste domingo (12) que o governo vai corrigir a tabela do Imposto de Renda de Pessoa Física para o ano que vem. Em entrevista a uma emissora de rádio, Bolsonaro informou que orientou o Ministro da Economia, Paulo Guedes, a reajustar, pelo menos, com base na inflação. O presidente disse ainda que o governo estuda aumentar os limites de deduções em saúde e educação.

 

Segundo o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal, a defasagem na tabela do imposto de renda chega a 95,46%. O percentual é relativo a diferença entre a inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulada de 1996 a 2018 e as correções da tabela no mesmo período. Desde 2015, a tabela do Imposto de Renda não sofre alterações.

 

MORO NO SUPREMO

 

Na mesma entrevista, Jair Bolsonaro afirmou que vai indicar o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para a primeira vaga que abrir no Supremo Tribunal Federal. O presidente disse que tem este compromisso e vai honrar o que foi acertado. O STF é composto por onze ministros e a indicação para o colegiado é competência do Presidente da República. A próxima vaga deve ser aberta em novembro do ano que vem, quando o Ministro Celso de Mello tem aposentadoria compulsória ao completar 75 anos.

 

HOMENAGEM ÀS MÃES

 

Neste domingo de dia das mães, Bolsonaro fez uma homenagem a dona Olinda, mãe do presidente, pelo Twitter. A foto dos dois no dia da posse é acompanhada pelos dizeres: “Feliz Dia das Mães. Essa é a minha, 92 aninhos. Um abraço a todos”.