ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Barragem da Vale se rompe em Brumadinho (MG) e bombeiros falam em 200 desaparecidos

25 de janeiro de 2019

Barragem da Vale se rompe em Brumadinho (MG) e bombeiros falam em 200 desaparecidos

BRUMADINHO – Uma barragem da mineradora Vale se rompeu em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. O Corpo de Bombeiros informou que há pelo menos 4 feridos e  200 desaparecidos em consequência do acidente, que aconteceu na tarde desta sexta-feira (25). Ainda não se sabe se há mais vítimas. A Defesa Civil da cidade informou que os moradores da&nbs

Divulgação Bombeiros de Brumadinho

BRUMADINHO – Uma barragem da mineradora Vale se rompeu em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. O Corpo de Bombeiros informou que há pelo menos 4 feridos e  200 desaparecidos em consequência do acidente, que aconteceu na tarde desta sexta-feira (25). Ainda não se sabe se há mais vítimas. A Defesa Civil da cidade informou que os moradores da parte mais baixa estão sendo retirados de casa.  A prefeitura publicou alerta nas redes sociais para que a população não fique perto do leito Rio Paraopeba. Moradores informam que os acessos à cidade estão fechados. O governo do Estado de Minas Gerais informou que enviou uma força-tarefa para acompanhar e tomar as primeiras medidas. 

A Vale divulgou nota informando que os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. O município de Brumadinho é famoso por abrigar o Instituto Inhotim, considerado o maior centro de arte ao ar livre da América Latina.

Após o rompimento da barragem, Instituto Inhotim informou que, por segurança, decidiu retirar as pessoas da instituição. Com 14 hectares de visitação, o parque, localizado no próprio município de Brumadinho, conta com um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do país, além de uma coleção de espécies raras de todos os continentes.

Em Brasília, a Casa Civil informou que o presidente Jair Bolsonaro se reuniu com o ministro Onyx Lorenzoni para discutir o rompimento da barragem. Os ministros Bento Albuquerque, de Minas e Energia, Gustavo Canuto, de Desenvolvimento Regional, e Ricardo Salles, do Meio Ambiente, foram designados para acompanhar o caso.

O rompimento da barragem em Brumadinho afetou o desempenho das ações da mineradora Vale no exterior. Os papéis negociados na Bolsa de Valores de Nova York passaram a despencar logo após a divulgação do acidente. Por volta das 15h15m, as ações da Vale eram vendidas a US$ 13,35, desvalorizadas em 10,16% em relação ao fechamento de quinta-feira (24).

O rompimento da barragem da Vale em Brumadinho ocorre pouco mais de três anos depois de acidente semelhante em Mariana (MG). Em 2015, o rompimento de uma barragem da Samarco, controlada pela Vale e a BHP Billiton, deixou 19 mortos.