ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Banco Central dos EUA reduz juros a quase zero

16 de março de 2020

Banco Central dos EUA reduz juros a quase zero

WASHINGTON (agências internacionais) – Em uma segunda medida extraordinária tomada somente neste mês, o Fed decidiu reduzir os juros da economia americana.

O Federal Reserve, o Banco Central dos Estados Unidos, reduz os juros numa tentativa de impedir as perturbações do mercado com o coronavírus. Jorge Araújo

WASHINGTON (agências internacionais) – Em uma segunda medida extraordinária tomada somente neste mês, o Federal Reserve (Fed), o Banco Central dos Estados Unidos decidiu agora reduzir drasticamente os juros da economia americana.

Os percentuais baixaram para a faixa de 0% a 0,25% ao ano. A última vez que os juros da maior economia do mundo operaram neste intervalo foi na crise global de 2008.

No último dia três, o Banco Central americano já havia cortado os juros em meio ponto percentual, para o intervalo entre 1% e 1,25% ao ano. O Fed anunciou ainda a recompra de US$ 700 bilhões em títulos do tesouro e papéis lastreados em hipotecas, numa tentativa agressiva de impedir as perturbações do mercado com o coronavírus.

A ação do Federal Reserve é coordenada com os bancos centrais do Canadá, Inglaterra, Japão, Suíça e Europeu, que também vão injetar dólares nos mercados.