ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Assessor especial e chefe de gabinete do MEC são exonerados

4 de abril de 2019

Assessor especial e chefe de gabinete do MEC são exonerados

BRASÍLIA – O Diário Oficial da União (DOU) publicou hoje (4) a exoneração do assessor especial do ministro da Educação Ricardo Vélez Rodrigues, Bruno Meirelles Garschagen. Um dos integrantes do MEC mais próximos do ministro e muito ligado ao ideólogo de direita, Olavo de Carvalho, Bruno estava há dois meses como responsável por intermediar o contato da

Sede do Ministério da Educação. Divulgação

BRASÍLIA – O Diário Oficial da União (DOU) publicou hoje (4) a exoneração do assessor especial do ministro da Educação Ricardo Vélez Rodrigues, Bruno Meirelles Garschagen. Um dos integrantes do MEC mais próximos do ministro e muito ligado ao ideólogo de direita, Olavo de Carvalho, Bruno estava há dois meses como responsável por intermediar o contato da pasta com a imprensa. A demissão foi assinada por Onyx Lorenzoni, ministro-chefe da Casa Civil.

Outra demissão que também chama atenção no Diário Oficial desta quinta-feira (4) é a da chefe de gabinete do MEC, outro cargo muito próximo do ministro Vélez Rodrigues. Josie de Jesus, ex-funcionária do centro Paula Souza, em São Paulo, foi exonerada do cargo que ela tinha assumido há menos de um mês, no dia 11 de março.