ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Arrastões em vias expressas assustam motoristas do Rio no fim de semana. Motorista de aplicativo é morto a tiros na Av. Brasil

6 de maio de 2019

Arrastões em vias expressas assustam motoristas do Rio no fim de semana. Motorista de aplicativo é morto a tiros na Av. Brasil

RIO – Vários roubos em vias expressas e outras avenidas do Rio assustaram motoristas no fim de semana. O mais recente foi o caso de um motorista que foi morto a tiros dentro de um carro na Avenida Brasil, na altura de Irajá, no fim da noite de domingo (5).

Arrastões assustam motoristas na Linha Vermelha, na altura de Duque de Caxias. Reprodução Google Maps

RIO – Vários roubos em vias expressas e outras avenidas do Rio assustaram motoristas no fim de semana. O mais recente foi o caso de um motorista que foi morto a tiros dentro de um carro na Avenida Brasil, na altura de Irajá, no fim da noite de domingo (5). Os suspeitos fugiram e não levaram nada. Luiz Carlos dos Santos do Nascimento trabalhava como motorista de aplicativo e era morador de Irajá.

No sábado (4), um adolescente foi baleado num assalto na BR-101, em São Gonçalo, e o Túnel Santa Bárbara ficou interditado por cerca de 30 minutos nos dois sentidos devido a um arrastão.

Ontem (5), houve bloqueio na Linha Vermelha, no acesso à via Dutra, no sentido Centro, pelo mesmo motivo, e bandidos também agiram em ruas da Zona Sul e do Centro do Rio. Criminosos fizeram um assalto na Praça São Salvador, em Laranjeiras, e de lá teriam praticando ataques em série nas praias de Botafogo e do Flamengo. Houve perseguição policial, e seis bandidos acabaram presos, sendo que dois foram baleados.

E vale informar também que é estável o quadro de saúde do locutor da rádio melodia Gustavo de Moraes que foi baleado duas vezes durante um assalto, na Linha Amarela, na última quinta-feira (2). Gustavo perdeu o globo ocular esquerdo, e os médicos do Hospital Moacyr do Carmo, em Duque de Caxias, onde ele está internado, decidiram não retirar a bala alojada no abdômen.