ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Área técnica do TCU recomenda suspender acordo de leniência do governo com Odebrecht

11 de julho de 2018

Área técnica do TCU recomenda suspender acordo de leniência do governo com Odebrecht

BRASÍLIA – O Tribunal de Contas da União (TCU) deve julgar nesta quarta-feira (11) um pedido da área técnica do TCU para suspender o acordo de leniência que o governo assinou com a construtora Odebrecht. A assinatura do acordo, anunciada na última segunda-feira pela Advocacia-Geral da União (AGU), prevê que a Odebrecht devolva R$ 2,7 bilhões aos cofres públicos ao lon

Arquivo Agência Brasil/Rovena Rosa

BRASÍLIA – O Tribunal de Contas da União (TCU) deve julgar nesta quarta-feira (11) um pedido da área técnica do TCU para suspender o acordo de leniência que o governo assinou com a construtora Odebrecht. A assinatura do acordo, anunciada na última segunda-feira pela Advocacia-Geral da União (AGU), prevê que a Odebrecht devolva R$ 2,7 bilhões aos cofres públicos ao longo de 22 anos.

A área técnica do TCU encaminhou ao gabinete do ministro da Corte Bruno Dantas um pedido de medida cautelar para suspender o acordo. Dantas é relator no tribunal de um processo que analisa os acordos de leniência. Para a área técnica do TCU, o acordo com a Odebrecht deveria ter sido analisado e assinado pelo tribunal.