ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Anvisa aprova novo marco regulatório de classificação de agrotóxicos

24 de julho de 2019

Anvisa aprova novo marco regulatório de classificação de agrotóxicos

BRASÍLIA – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou um novo marco regulatório para avaliação e classificação toxicológica de agrotóxicos.

Arquivo Agência Brasil/ Marcelo Camargo

BRASÍLIA – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou um novo marco regulatório para avaliação e classificação toxicológica de agrotóxicos. A aprovação vai mudar o que é informado nas embalagens desses produtos, que atualmente contêm o símbolo da caveira com uma faixa vermelha, indicando o perigo, mas sem detalhar sobre quais são riscos.

Os fabricantes terão um ano para se adequar ao novo padrão, que vai especificar esses perigos com cores e frases como “mata se for ingerido”, “tóxico se em contato com a pele”, e “provoca queimaduras graves”.

Com o marco regulatório, o Brasil passa a adotar o padrão internacional Sistema de Classificação Globalmente Unificado – (Globally Harmozed System of Classification and Labelling of Chemicals — GHS.

Segundo a Anvisa, é um método mais restritivo que o usado até então no Brasil, que tratava o risco de morte e o de irritação da mesma maneira. No sistema atual, um agrotóxico poderia ser classificado como “extremamente tóxico” caso causasse lesões que não necessariamente matariam. Agora, essa expressão só será usada para produtos cuja ingestão, contato com a pele ou inalação seja fatal.

Com o marco regulatório, os rótulos dos produtos passarão a ter 6 tipos de classificações, em vez das 4 atuais. São elas:

– Extremamente tóxico

– Altamente tóxico

– Moderadamente tóxico

– Pouco tóxico;

– Improvável de causar dano agudo;

– Não Classificado (por não ter toxidade)