ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Anistia Internacional sugere comissão externa para acompanhar caso Marielle Franco

14 de novembro de 2018

Anistia Internacional sugere comissão externa para acompanhar caso Marielle Franco

RIO – A Anistia Internacional sugeriu a criação de uma comissão externa e independente para acompanhar as investigações sobre a morte da vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes. O crime aconteceu na região Central do Rio e completa hoje (14) oito meses.

A organização divulgou um relatório com 16 perguntas s

Vereadora Marielle Franco. Arquivo Câmara dos Deputados/Renan Olaz

RIO – A Anistia Internacional sugeriu a criação de uma comissão externa e independente para acompanhar as investigações sobre a morte da vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes. O crime aconteceu na região Central do Rio e completa hoje (14) oito meses.

A organização divulgou um relatório com 16 perguntas sobre o que já foi divulgado pela imprensa e pelas próprias autoridades em relação ao caso. A Anistia Internacional denuncia a falta de respostas por parte das autoridades públicas, principalmente após denúncias de que a cúpula da Polícia Civil estaria atrapalhando as investigações.

A coordenadora de pesquisa da Anistia Internacional, Renata Neder, contou, em entrevista coletiva, nesta quarta-feira (14) que comissões sem nenhuma ligação com o estado, formadas por peritos, juristas e especialistas em investigação criminal, já foram criadas para acompanhar casos de desaparecimentos, mortes e violações de direitos humanos na Nicarágua, em Honduras e no México.