ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Alerj suspende tramitação de projeto que dá porte de arma a deputados

12 de abril de 2019

Alerj suspende tramitação de projeto que dá porte de arma a deputados

RIO – O polêmico projeto de lei que prevê liberar o porte de arma para deputados e agentes do Degase aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio na quarta-feira (10) teve a tramitação suspensa pela presidência da Alerj e poderá ser votado de novo.

Deputados discutem porte de armas no plenário da Alerj. Divulgação Alerj/ Thiago Lontra

RIO – O polêmico projeto de lei que prevê liberar o porte de arma para deputados e agentes do Degase aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio na quarta-feira (10) teve a tramitação suspensa pela presidência da Alerj e poderá ser votado de novo.

Originalmente, a proposta dava porte de arma somente para agentes do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase). Deputados e outras categorias foram incluídos num parecer oral da Comissão de Constituição e Justiça lido no momento da votação.

O deputado Luiz Paulo (PSDB), autor do pedido para suspender a tramitação, alega que o parecer não poderia modificar o projeto. Segundo ele, a CCJ já havia aprovado um outro parecer definitivo no último dia 5.

O projeto seria enviado para sanção ou veto do governador Wilson Witzel. Agora, uma nova votação pode ocorrer, mas só depois da semana santa.