ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Musicalidades > Para curtir em casa: Reveja shows que marcaram época no Brasil

19 de março de 2020

Para curtir em casa: Reveja shows que marcaram época no Brasil

A pandemia do coronavírus está nos obrigando a ficar dentro de casa e a achar uma forma de passar o tempo. Para os fãs de música, essa é uma época boa para descobrir muita coisa com o auxílio da Internet. Os serviços de streaming musical oferecem, literalmente, milhões de álbuns de todos estilos, países e épocas, e o YouTube serve como o maior arquivo de imagens já reunidos na história.

O site Vagalume selecionou alguns desses shows, focando em performances ocorridas nos anos 80 e inicio dos 90, quando grandes atrações internacionais eram relativamente raras no país e uma vinda era motivo de festa.

Queen – Estádio do Morumbi, São Paulo, dias 20 e 21 de março de 1981

Em uma época em que nenhuma grande banda se aventurava fora do circuito EUA-Europa Ocidental- Japão e, por vezes, Austrália, o Queen passou a entender que havia mais lugares para se apresentar. Por aqui, eles lotaram o Morumbi por duas noites que marcaram época – quem foi não se esquece.

A Rede Bandeirantes (hoje Band) fez a transmissão na época e, anos depois, reprisou o show após a morte de Freddie Mercury, em 1991.

Paul McCartney – Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro, dias 20 e 21 de abril de 1990

Hoje em dia, ver Paul McCartney já virou algo quase rotineiro, depois das várias vindas que o músico fez por aqui desde 2010. Mas em 1989, a notícia de que finalmente um Beatles iria se apresentar no Brasil causou histeria. O Maracanã reuniu 184 mil pessoas – número que o colocou no livro dos recordes.

A Rede Globo, na época, transmitiu um compacto com cerca de 40 minutos do show.

David Bowie – Rio de Janeiro, Praça da Apoteose, dia 20 de setembro de 1990

Em sua primeira, de apenas duas visitas ao Brasil, Bowie chegou em um momento de transição. Aproveitando que seus álbuns clássicos estavam sendo relançados, o inglês armou uma turnê de “grandes sucessos” com praticamente todo o repertório vindo dos anos 70, ou seja, praticamente desconhecido por grande parte da plateia que foi vê-lo na Praça da Apoteose.

O que se viu foram músicas que hoje qualquer fã, com um mínimo de conhecimento da história do rock, está familiarizado, como “Heroes”, “Rebel Rebel”, “Space Oddity” ou “Ziggy Stardust” sendo recebidas com um entusiasmo não muito maior do que se veria se ele estivesse apenas tocando músicas recém-lançadas.

A Rede Globo transmitiu o especial com alguns momentos do show do Rio de Janeiro:

Fonte: Vagalume