ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Musicalidades > O mundo MPB se despende do capista
Elifas Andreato

20 de abril de 2022

O mundo MPB se despende do capista
Elifas Andreato

Elifas Andreato, falecido recentemente aos 76 anos, foi o maior capista no momento em que o vinil dominou o mercado, fazendo uma revolução visual no mundo da música brasileira. Sua carreira decolou em 1973, quando produziu uma pintura do sambista Paulinho da Viola, chorando na capa do disco “Nervos de Aço”.
Em seus 40 anos de carreira, o artista gráfico marcou a história das artes visuais, assinando capas emblemáticas de toda a MPB. Antigamente, as capas dos discos faziam parte da experiência afetiva de escutar as músicas e Elifas representou esse desdobramento visual da obra musical nacional.
O capista assinou 362 capas de disco, para artistas como Elis Regina, Chico Buarque, Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Vinicius de Moraes, Adoniran Barbosa, Toquinho, Clementina de Jesus, Clara Nunes, João Bosco, Zeca Pagodinho, Tom Zé, Criolo entre outros tantos.