ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Musicalidades > Fundição Progresso lança campanha “Salve Salve Fundição”

5 de maio de 2020

Fundição Progresso lança campanha “Salve Salve Fundição”

Há cerca de 30 anos sendo o lugar de encontros, de diversidade, de trabalho e criação, lugar de curtição entre amigos e amores, de sons e de luzes, de descobertas e aprendizados! A Fundição Progresso faz parte da história dos cariocas e da cultura brasileira e, para continuar, precisa da sua ajuda!

Em um esforço para garantir a continuidade do local, eles estão lançando a campanha “Salve Salve Fundição”. O projeto consiste na venda de vales para shows de artistas que já confirmaram suas participações em apresentações individuais, ou dividindo a noite com outro artista, que acontecerão após a reabertura da casa até o final de 2021.

“O momento é de ficar em casa e ainda não temos previsão para reabertura. Sabemos que a nossa área deverá ser uma das últimas a retomar o funcionamento normal, mas precisamos fazer este movimento para sobreviver agora e contamos com artistas que fazem parte da nossa história”, diz o comunicado da Fundição.

A venda funcionará da seguinte forma: você compra um voucher no valor determinado de R$50 e troca pelo show desejado no momento em que a data do mesmo for comunicada. A troca vale para qualquer show da campanha e está sujeita a lotação da casa. Para adquirir o voucher, basta entrar no site da Fundição ou através do site de vendas Eventim

O line-up da campanha prevê grandes nomes da música brasileira como: Elba Ramalho, Lenine, Leoni, Monobloco, Baianasystem, Nando Reis, Alceu Valença, Marcelo Falcão, Vanessa da Matta, Thiaguinho, Criolo, Armandinho, Humberto Gessinger, Maneva, Fogo & Paixão, Toni Garrido, Rita Benneditto, Samba que elas querem, Scalene, Roberta Sá, Maria Rita, Teresa Cristina, Pretinho da Serrinha, Arlindinho, Mosquito, Pepeu Gomes, Nação Zumbi, Moska, e muitos outros.

Com a pandemia, a Fundição fechou as portas e não tem patrocinadores que mantenham a instituição, dependendo da renda dos eventos para sua permanência. Parte da renda da campanha também vai garantir a distribuição de alimentos da cesta básica para cerca de 40 instituições parceiras que o Centro Cultural, como forma de manter o apoio a estas instituições durante o combate ao COVID-19.

#jbfmcontraocoronavirus