ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Musicalidades > Família não aprova cinebiografia sobre Chris Cornell

25 de agosto de 2020

Família não aprova cinebiografia sobre Chris Cornell

Foi anunciado que um projeto narrando “os eventos verídicos sobre os últimos dias do ícone da música, Chris Cornell” estava à caminho. Black Days contaria a história do astro junto com a sua banda, Soundgarden.

Mas, existe a possibilidade deste projeto não chegar aos olhos do público, já que a família de Cornell não quer autorizá-lo. De acordo com o site Pitchfork, um parente disse que “ninguém contactou a família para ter alguma informação”. 

O projeto Black Days foi descoberta devido a um post online que dizia que divulgava as inscrições para casting de elenco do filme. Este post acabou também revelando alguns detalhes do que estava por vir. A Pitchfork anunciou que a “Road Rage Filme LLC” e a “Amerifilms LLC” estavam produzindo o filme, junto com o músico Johnny Hallyday. 

O Chris Cornell fez parte do grupo Soundgarden desde a década de 80, e continuou sua carreira solo depois que a banda se separou pela primeira vez em 1997. Sozinho, Cornell lançou quatro álbuns de estúdio, o último sendo somente cinco anos atrás (2015), intitulado “Higher Truth”. Logo em seguida, em 2017, ele se suicidou no meio de uma turnê do Soundgarden.

Para homenagear o artista, o Museu de Cultura Pop em Seattle, fez uma estátua, em 2018, e que por sinal, foi vandalizada na semana passada, de acordo com os jornais locais. A família de Cornell publicou uma declaração dizendo o quão estavam tristes com esta notícia. Eles prometeram restaurar a escultura e disseram que, “o ódio não vai ganhar. Chris é o filho de Seattle!”