ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Musicalidades > Autópsia do corpo de Prince revela taxas extremamente elevadas

29 de março de 2018

Autópsia do corpo de Prince revela taxas extremamente elevadas

Completando quase dois anos da morte do cantor Prince, a agência Associated Press divulgou esta semana, algumas informações da autópsia do corpo do artista que foram obtidas através de uma relatório toxicológico confidencial.

Tribalistas anunciam turnê passando por nove capitais

Homenagem – Renato Russo

David Bowie ganha estátua em Londres

A causa da morte já havia sido revelada anteriormente, Prince morreu em consequência de uma overdose acidental de fentanila. Desta vez, foi anunciado mais detalhes: segundo a associação, os exames revelaram uma taxa de 67,8 microgramas de fentalina por litro de sangue, e alguns laudos médicos anteriores, já registraram mortes com apenas 3 microgramas por litro.

O médico Lewis Nelson comentou que o índice encontrado na corrente sanguínea do cantor era “extremamente alto, até mesmo para pacientes com dores crônicas tratados com fentanila”. O medicamento é considerado até 50 vezes mais forte que a heroína.