Tiroteio perto da Maré fecha Linha Vermelha por quase uma hora

Foto: Centro de Operações Rio

 

RIO – Uma tentativa de arrastão seguida de tiroteio provocou a interdição dos dois sentidos da Linha Vermelha na altura do Conjunto de Favelas da Maré, na Zona Norte do Rio, por quase uma hora ontem (16) à noite. A via foi liberada pouco depois das 21h, mas nova interdição ocorreu por volta das 22h45.

Durante a ação, os PMs precisaram interditar a via e acionaram o Batalhão de Choque e outras unidades policiais para reforçar o policiamento na Linha Vermelha. Em pânico, motoristas deixaram os carros e se esconderam atrás das muretas. Outras pessoas ficaram mais de uma hora abrigadas dentro do Batalhão da PM da Maré por causa do tiroteio.

A troca de tiros foi entre policiais militares, que passavam pela via expressa, e criminosos da favela Nova Holanda, que tentaram assaltar as pessoas que estavam passando por aquele trecho.

Por conta do tiroteio, o trânsito na Linha Vermelha foi interditado duas vezes, e por volta das 20h40, a energia do Batalhão foi cortada, o que aumentou mais ainda o pânico entre os motoristas e passageiros que aguardavam a liberação da via expressa.

Segundo a PM, apesar do tiroteio, não houve registro de feridos.

 

Leia mais:
Prefeitura do Rio reabre restaurante popular em Campo Grande hoje (17)