Secretário de Administração Penitenciária transfere Eike Batista do Ari Franco para Bangu 9 sob alegação de falta de segurança

Foto: Empresário Eike Batista. Agência Brasil / José Cruz

RIO – Falta de segurança. Este foi o argumento para transferir o empresário Eike Batista do presídio Ari Franco, em Água Santa, na Zona Norte, para o de Bangu 9, em Gericinó, na zona Oeste. A determinação foi dada pelo Secretário de Administração Penitenciária. Eike foi preso pela manhã, ao desembarcar no Galeão, procedente de Nova York. O empresário já está com a cabeça raspada. Segundo alguns advogados da OAB do Rio, os presos de alto poder aquisitivo deveriam pagar as custas do estado com as cadeias. De acordo com a Associação Brasileira de Tecnologia Educacional, um preso em Minas, por exemplo, custa 11 vezes mais do que um aluno da rede estadual. O governo mineiro paga R$ 1,7 mil por um detento e desembolsa apenas R$ 149 por um aluno da rede básica.