Delator da Odebrecht afirma que Cabral e Pezão receberam R$ 120 milhões em propina

O ex-governador Sérgio Cabral recebeu de propina, só pelo contrato da Linha 4 do Metrô, R$ 50,5 milhões. A denúncia foi feita pelo ex-executivo da Odebrecht, Benedicto Junior, em delação premiada na Operação Lava Jato. Cabral e o atual governador, Luiz Fernando Pezão, teriam recebido da construtora um total de R$ 120 milhões das obras realizadas no estado, como a reforma do Maracanã e a construção do Arco Metropolitano. A defesa de Sérgio Cabral disse que só vai se manifestar na justiça e a de Pezão nega o recebimento de recursos ilícitos.