Governo federal vai deixar de economizar R$ 115 bilhões com as mudanças na reforma da Previdência

Foto: Agência Brasil / Marcelo Camargo

BRASÍLIA – O governo vai deixar economizar R$ 115 bilhões com as mudanças que serão feitas na proposta de reforma da Previdência. O cálculo é da Casa Civil da Presidência da República. Esse valor corresponde a uma redução de 17% no total estimado para a diminuição de gastos do INSS, de R$ 678 bilhões. O recuo será consequência das mudanças em cinco pontos da reforma anunciadas pelo relator da matéria na Câmara, deputado Arthur Maia, do PPS. As alterações não foram reveladas, mas serão efetuadas na aposentadoria rural, no benefício de prestação continuada, nas pensões, nas aposentadorias de professores e policiais e nas regras de transição. A idade mínima de 65 anos será mantida para homens e mulheres se aposentarem. Sobre as mudanças, o presidente Michel Temer disse que não pode ser considerado um recuo ouvir as sugestões do Congresso.