Estado do Rio tem primeira morte por febre amarela confirmada

Agência Brasil

RIO – A primeira morte por febre amarela no Estado do Rio foi confirmada nesta quartra-feira (15) pela Secretaria Estadual de Saúde. A doença matou o pedreiro Watila Santos, de 38 anos, em Casimiro de Abreu, na Baixada Litorânea, onde um outro homem também está com a moléstia. Os dois não têm histórico de viagens para regiões onde há, comprovadamente, circulação do vírus causador da febre amarela. Esses são os dois casos confirmados no Estado do Rio até o momento. Atualmente também há registro de 36 casos suspeitos da doença no estado