ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Planejamento é necessário até numa orgia ou numa guerra… onde ele ‘parece’ ser inútil

 

Independente da reforma da Previdência, os brasileiros precisam encarar o fato de que não podem mais e não devem mais confiar nos planos que os governos têm pra eles.

A aposentadoria não pode ser apenas uma política pública de governo, ela deve ser também um projeto pessoal de futuro – simplesmente porque é o futuro que está em jogo.

De direita ou de esquerda, os governos só pensam com a lógica da “próxima eleição”.

Cabe aos brasileiros pensarem com a lógica da “própria sobrevivência” – a fim de promoverem a reforma de suas próprias finanças e a reforma de seus próprios hábitos.

A prova de que é difícil, mas é possível, aparece em uma pesquisa recente do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil): 88% dos entrevistados afirmam fazer ajustes nos seus orçamentos dispostos a garantir reserva para a aposentadoria.

De fato, se a ideia é manter o padrão de vida na terceira idade, é fundamental abrir mão de excessos, caprichos, supérfluos, desperdícios e até mesmo de algum sonho de consumo – ou mania de consumismo.

Dito assim, a vida parece ficar chata e sem graça… e é verdade: mas a alternativa é uma velhice… desesperadora.

Enfim, tudo é uma questão de planejamento. Nenhum futuro é possível sem planejamento – planejamento é necessário até numa orgia ou numa guerra… onde ele “parece” ser inútil… parece, mas não é.