ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Não fale com estranhos… Saiba por quê… Leia ou ouça aqui…

 

Não responda zap, e-mail ou mensagem de texto.

Não revele senhas, não assine nada, não fale com estranhos!

Não clique ali, aqui, acolá… em lugar nenhum!

Todo cuidado é pouco em tempos de restituição do Imposto de Renda, liberação do PIS-Pasep e, em breve, nova temporada de resgate do FGTS.

Isso porque o submundo dos golpes e fraudes pela internet funciona ’25 horas’ por dia-e-noite, sem parar, de olho na sua conta, na sua bolsa ou no seu bolso.

Fato é que existe uma infinidade de gambiarras, armadilhas e assaltos digitais rondando o seu dinheiro.

Os mais comuns são falsos sites, falsos e-mails e falsos empregos.

É preciso estar atento e resistir a tentações, tendo em mente que o sucesso dos golpistas ou fraudadores depende muito mais do descuido dos clientes do que dos investimentos dos bancos em tecnologias de vigilância, segurança, proteção e prevenção.

Evitar o estelionato virtual não é complicado, só exige algumas cautelas contra pequenas distorções seguidas de grandes distrações.

Parece fácil… e é. Afinal, golpes financeiros só são possíveis porque, por dinheiro, até pessoas espertas fazem coisas estúpidas.