ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Marcia Peltier conversa com o ator Pedro Paulo Rangel

 

 

O Programa Márcia Peltier Entrevista na rádio JB FM traz, na semana entre 15 e 21 de abril, a conversa com um dos mais atuantes artistas brasileiros: o ator Pedro Paulo Rangel.

Ele completa 50 anos de carreira em 2019 e, para comemorar, sobe aos palcos com o monólogo ‘O Ator e o Lobo’, baseado em textos do escritor português Antônio Lobo Antunes.

A peça está em cartaz no Teatro Poeira, em Botafogo, na zona sul do Rio.

Pedro Paulo Rangel estreou como ator em 1968 na peça ‘’Roda Viva’’, dirigida por José Celso Martinez Correa. Participou de dezenas de novelas na TV e de espetáculos teatrais.

Recebeu vários prêmios ao longo de 5 décadas de carreira: três Molière, dois Shell e um Mambembe. 

Durante a conversa com Márcia Peltier, ele conta qual a proposta da peça ‘O Ator e o Lobo’, fala sobre o autor António Lobo Antunes, comenta sobre o desafio de fazer um monólogo, relembra o início como ator em ‘Roda Viva’, fala das experiências em telenovelas e conta como foi participar do “primeiro nu masculino” em novelas, quando atuou em ‘’Gabriela’’, em 1975.

Você não pode perder  Pedro Paulo Rangel,  no Márcia Peltier Entrevista, na rádio JB FM  (99.9), em duas edições: de segunda à sexta, pela manhã, às 7h50, e à noite, às 18h15, dentro do Painel JB. E aos sábados e domingos, às 10h e 18h.

(15/abr) – Texto baseado na obra do escritor português Antônio Lobo Antunes.

(16/abr) – Qual é a tônica do monólogo?

(17/abr) – O título “Pedro e o lobo” é uma brincadeira com o público?

(18/abr) – Qual é o maior desafio para o ator ao encarar um monólogo?

(19/abr) – Você fez o primeiro nu masculino numa teledramaturgia brasileira?

(20/abr) – Em 1975, você fez seu primeiro protagonista numa novela?

(21/abr) – Estreia de peso como ator, na peça “Roda Viva”, com Marieta Severo, texto de Chico Buarque e direção de José Celso Martinez Corrêa.