ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > TSE reforça segurança dos sistemas após ataque hacker ao STJ

5 de novembro de 2020

TSE reforça segurança dos sistemas após ataque hacker ao STJ

BRASÍLIA – Tribunal destacou que urnas eletrônicas não correm risco porque não têm conexão com nenhuma rede.

Divulgação: TSE

BRASÍLIA –  O Tribunal Superior Eleitoral disse ter intensificado os procedimentos de segurança nos sistemas internos e externos da corte, em razão do ataque de hackers contra o Superior Tribunal de Justiça e outros órgãos públicos. A proximidade da eleição municipal, que terá o primeiro turno no dia 15 deste mês, também foi levada em conta na decisão.

O TSE destacou que a urna eletrônica foi projetada para funcionar sem conexão com qualquer rede, seja por cabo, wi-fi ou bluetooth.

A corte informou ainda que a totalização dos votos após o envio das informações pelosTribunais Regionais Eleitorais  funciona por meio de rede privativa criptografada.