ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Serra é alvo de operação da PF que investiga doação ilegal de campanha

21 de julho de 2020

Serra é alvo de operação da PF que investiga doação ilegal de campanha

SÃO PAULO – O senador José Serra chamou de “espetacularização” a operação da Polícia Federal.

Agência Brasil / Valter Campanato

SÃO PAULO – A Polícia Federal e o Ministério Público eleitoral de São Paulo deflagraram hoje (21) cedo a terceira fase da operação Lava Jato junto à justiça eleitoral do estado para investigar suposto Caixa 2.   Na campanha de José Serra (PSDB) ao Senado em 2014.

Os agentes foram para a capital paulista, Brasília, Itatiba (SP) e Itu (SP) com o objetivo de cumprir quatro mandados de prisão e 15 de busca e apreensão em endereços ligados ao parlamentar e outras pessoas suspeitas de envolvimento no esquema.

O principal alvo da ação é o empresário José Seripieri Júnior, fundador e ex-presidente da Qualicorp, empresa administradora de benefícios do Brasil, que já foi preso. Investigações apontam que ele fez doações não contabilizadas de R$ 5 milhões ao tucano.

Em nota, o senador José Serra chamou de “espetacularização” a operação da Polícia Federal e negou irregularidades nas contas dele da campanha ao Senado.